sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Promocional TV da Obra

Animação promocional para a TV da Obra.

Criação: Cristhian Herman e Alexandre Minghini

Mensagens subliminares em logos famosos

Explicar um logotipo pode ser tão chato quanto explicar uma piada. Mas até hoje, milhões de pessoas convivem o dia a dia com esses logotipos e nunca pararam para pensar o que eles significam.

E sabem o que é pior? Muitas vezes nosso subconsciente já tomou conhecimento da imagem oculta e o logotipo conseguiu o que ele queria: fixar-se em suas memórias.

O caso do FedEx, que ninguém repara até que alguém fale, e depois que você fica sabendo você fica encanado pelo resto de sua vida. Existe uma seta para direita, entre o “E” e o “x” laranjas, que denota velocidade e reforçam a idéia de confiança na entrega.

A Amazon.com, também tem uma seta, mas completamente explícita. O logo do site de compras de internet quer mostrar velocidade e confiança na entrega? Não só isso. A seta indica que eles vendem de tudo: produtos de “a” a “z”. Ah, e o sorriso?



Muitos vêem um carinha alegre e saltitante soltando poderes com as mãos, outros pensam que é um sol nascendo atrás da figura humana. Mas poucos são os que vêem o olho, onde a cabeça do rapaz é a pupila, e a aura as pálpebras e os cílios.


São 4 letras “S” distribuídos radialmente. Mas olhe bem, cada S é um U e um N, na verdade são 4 “SUN”s.

Wii escrito por extenso ou um W seguido por duas pessoas?


O chocolate é tão bom que ninguém se lembra de olhar o logo, só de devorá-lo logo. O monte representa os Alpes Suíços, onde o chocolate foi inventado. Mas quantos já repararam no urso em pé na própria montanha?

Para quem já foi para Paris, conhece a Galeria Lafayete. Repare na homenagem à Torre Eiffel.

O maldito e clássico logo do Carrefour. Para muitos é um palhaço sorrindo. Para outros muitos, um ET com chapéu de Papai Noel. Para outros tantos, um peixe. Para a menor parcela da população mundial (ok, exagerei), trata-se apenas de um C em branco em cima de um losango. Maldito seja o designer que criou este logo feio pra burro, com significado nenhum que ninguém consegue compreender, mas que está na memória de todos.


O belíssimo logo do Mozilla Firefox. O próprio nome Firefox dito em voz alta reforça o som da letra F, o mesmo F do formato da raposa.

Fonte

Google Chrome – A maneira mais simples de navegar

Muito interessante o novo vídeo lançado pelo Google para promover o uso do Google Chrome. Criatividade total. O filme mostra o porque o Chrome é melhor, mais rápido, seguro e fácil de usar do que qualquer outro navegador.



fonte

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Estudo de Caso | “PECSI”

Ótimo estudo de caso da Pepsi. A BBDO da Argentina constatou que 25% dos hermanos tinham dificuldade em pronunciar o nome da marca, chamando-a de “PECSI”. Com isso a agência resolveu pegar esse “probleminha” mudando a marca e criando uma campanha em torno dessa particulariedade. Vale conferir:

Pecsi Case from BBDO argentina on Vimeo.


fonte

MK | Adagio

Esta aí um trabalho de redesign e design de marca muito bem feito, para o canal de música da África do Sul chamado MK.

E para apresentar essa nova marca e o novo conceito do canal, foi criado um vídeo usando recursos de super câmera lenta. A produção é da Orijin. Confira:

MK Adagio from Eaton Crous Counterstrike on Vimeo.


fonte

Sky Movies | Snow Globe

Para promover o novo canal com conteúdo natalino em HD da Sky Movies, a agência Cake criou uma instalação em South Bank, Londres onde as pessoas podem entrar e assistir ao filme “O Grinch” enquanto flocos de neve ficam caindo sem parar, reproduzindo o ambiente dos globos de neve reais quando agitados


fonte

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Shark Week

Pranchas foram utilizados para promover o tubarão do Discovery Channel série documental.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Mais um vídeo interativo no YouTube, guie o biscoito de gengibre

Google Goggles - Busca por fotos pelo celular

Google Goggles que chegou para revolucionar as pesquisas com dispositivos moveis. É muito simples de usar e parece mais coisa de filme. Basta você tirar a foto e depois clicar no botão de pesquisa. O engine de busca vai se virar pra entender a imagem e trazer os resultados relativos. Se funcionar como promete, deve ser realmente impressionante.

Pena que até o momento essa funcionalidade só pode ser utilizada em celulares Android. Fora esse novo serviço, a empresa apresentou sua nova maneira de pensar em buscas. Acreditem, muita coisa vai mudar, e a primeira delas é a busca através da localização. Você poderá pesquisar as coisas que estão acontecendo ou aconteceram perto do lugar onde você está. Fora isso, mostrou alguns resultados concretos para buscas em tempo real, que já vem sendo anunciado a algum tempo. Mas a busca baseada em localização e em tempo real, são historias pra outro post. Por enquanto vou pensando onde nós vamos parar, em um mundo totalmente integrado e conectado. As possibilidades são impressionantes.
fonte

Uma lista de mais de 5.000 jogos antigos para se divertir online, direto do navegador.

Link

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Rostos e artes nos muros

O português Alexandre Farto (aka Vhils) vê na ruína a matéria-prima para sua arte. No projeto “Scratching the Surface”, Farto utiliza-se de britadeira, martelo e formão para desenhar suas figuras no reboco das paredes, contribuindo para a revitalização de espaços abandonados.

Assista abaixo um belo vídeo sobre o seu trabalho:


fonte

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Google prepara temporada de contratações no Brasil

A operação do Google no Brasil pretende aumentar em até 20% sua obra de mão de engenheiros no próximo ano, em desdobramento direto do fim da instabilidade financeira enfrentada pelo setor de tecnologia do País.

A afirmação é do diretor de engenharia do Google na América Latina, Berthier Ribeiro-Neto, responsável por comandar cerca de 50 engenheiros em Belo Horizonte que participam de projetos globais e adaptam serviços regionais do buscador.

Segundo Ribeiro, o Google vê sinais de recuperação suficientes para voltar a apostar nas contratações como forma de expandir suas operações, inclusive no Brasil. O engenheiro, porém, faz a ressalva: “é uma expansão com cuidado”, dando “um passo de cada vez”.Nesta entrevista exclusiva ao IDG Now!, o chefe de engenharia na América Latina explica as responsabilidade do centro mineiro de desenvolvimento frente aos outros do Google espalhados pelo mundo e detalha o perfil de engenheiro que o buscador procura.

Segundo Ribeiro, as vagas abertas pelo Google no Brasil poderão ser consultadas no site de empregos que o buscador mantém em português, separadas por especialidade ou localização geográfica.Quais são as responsabilidades do centro de desenvolvimento no Brasil na estrutura global de engenharia do Google?
Os projetos do Google são globais. Não faz muito sentido falar em projetos locais. Eles são pensados em escala global e o modelo de negócios só se sustenta se você pensar em escala global. Caso contrário, ele não se sustenta por ficar muito complexo.

O papel da engenharia no Brasil é fundamentalmente dois: participar de projetos globais e dar suporte global ao negócio, além de ser responsável pelo Orkut no mundo. O melhor exemplo que posso dar deste suporte é o Mapas, que está lançado no Brasil, na Argentina, no Chile e no México.
Não que a tecnologia seja local: é que a base de dados é local. O provedor de dados no Brasil é um, na Argentina é outro e no México é outro. Existe um trabalho de integração destes dados locais obtidos de diferentes provedores na plataforma tecnológica.Durante o Congresso Brasileiro de Qualidade e Produtividade (CBQP), você disse que o Google no Brasil estava acelerando sua expansão. Em termos de operação e engenheiros, o que isto quer dizer?
Estamos contratando mais gente. Quando passamos pela crise financeira de 2008, o Google entrou no que o Eric (Schmidt, principal executivo da empresa) chamou de “aterrissagem suave da aeronave”.

Sabíamos que não poderíamos continuar a nos expandir da forma como estávamos nos expandindo. Estávamos acostumados a crescer o número de funcionários da empresa em 20%, 25% todo ano. Em 2009, isto foi muito contido.
A partir do segundo semestre, a gente considerou que a recessão estava ficando para trás. Existem sinais claros que existe maior atividade no setor de anúncios na internet e estamos retomando o crescimento.

Existem vagas abertas em engenharia, em produtos e inúmeras posições em São Paulo, nos escritórios do Google na América Latina e pelo mundo afora.
Trata-se de uma expansão consciente. Sabemos que precisamos crescer para expandir o negócio, mas é uma expansão com cuidado. Vamos dar um passo de cada vez. É preciso ver o que vai se delinear em 2010, mas claramente a perspectiva é otimista e estamos em expansão.
Quantos engenheiros o centro de Belo Horizonte tem hoje? E qual a meta que vocês querem atingir com estas contratações?
Temos cerca de 50 engenheiros. A meta é crescer entre 15% e 20% em 2010. Mas o Google tem a filosofia de, se acharmos gente extremamente qualificada que nos interessa, vamos contratar, ainda que esteja fora da meta.
Nesta expansão nacional, existe alguma área de engenharia que o Google está se focando?
O Google tenta contratar o que chamamos de “engenheiro generalista”. Trata-se de alguém que tem formação acadêmica sólida – não é necessário, mas preferimos gente com mestre e/ou doutorado em ciência da computação – e que tenha paixão por engenharia.
O que é ter paixão por engenharia? É ter mais que formação teórica e gostar de construir coisas, gostar de escrever códigos. Ao longo do tempo, este engenheiro transita em diferentes projetos. A carreira no Google não é centrada em projetos. Temos muito interesse no engenheiro mais generalista.

FONTE.

Nota do autor: Quem quer trabalhar na google? Eu não vejo graça (mentira, é inveja tá). Infelizmente não é um trabalho para todos, mas quem tiver o currículo afiado pode ao menos tentar. Segue um vídeo de como é difícil o trabalho por lá.




Quem quizer começar a treinar a carreira no Google, pode iniciar por este livro, que mostra como dominar as ferramentas do Google, e não fazer feio na entrevista.
*Notícia retirada do site iF5
Quem escreve - Alexandre Gnutzmann

Coloque seu rosto no lendário Nintendo 64

Que tal colocar seu rosto em um dos vídeos mais populares da internet? A felicidade de uma criança ao ganhar seu videogame favorito é maravilhosa!
LINK
fonte

Coca-Cola celebra o verão australiano

Fantástico o novo comercial da Coca Cola criado pela Ogilvy de Sydney para comemorar o verão na Austrália. O filme intitulado “Bottle Opener” mostra como essa estação tem o poder de promover a amizade juntamente com a diversão:



Fonte

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

“I’m Sorry”

Pretendem recepcionar os Líderes de Estados no COP15 – 15ª Conferência Marco das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, que ocorrera este mês na Dinamarca. Os cartazes mostram alguns líderes arrependidos 10 anos depois, se desculpando por não terem tomado medidas efetivas para a preservação do meio-ambiente quando ainda havia tempo. O texto diz “Desculpe, nós poderíamos ter impedido mudanças climáticas catastróficas… mas não impedimos”.

A intenção é mostrar o descontentamento com a falta de empenho das grandes nações em preservar o que ainda resta do Planeta. Lula é um dos homenageados.

Veja mais clicando aqui

fonte

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

“Ataque de Pánico!” por Fede Alvarez

Se você ainda não viu o fantástico curta uruguaio “Ataque de Pánico!”, não perca a oportunidade agora. Esse curta já rola há algumas semanas na net e finalmente chamou a atenção de um tubarão de Hollywood. Ninguém menos que Sam Raimi, bastante prestigiado entre os gregos, pela rentável franquia blockbuster “Spiderman”, e troianos, graças a série de filmes B “A morte do Demônio”.

O pequeno filme mostra uma invasão alienígena, com robôs gigantes e espaçonaves indo em direção a Montevidéu, capital do Uruguai, para destruir e exterminar os uruguaios… Quem? Os uruguaios, oras! Ta achando que só os americanos são alvos dos aliens neste mundo?

O curta é realmente bacana, o que levou Saim Raimi a convidar Fede Alvarez para dirigir um projeto mais ambicioso em Hollywood. Este será o primeiro longa-metragem de Fede Alvarez, um especialista em efeitos especiais e diretor de comerciais para TV.



fonte

A dança da luva cor-de-rosa

Bem legal a iniciativa e alto astral dos funcionários do hospital St. Vincent Medical Center, em Portland, nos Estados Unidos, que dançaram e se divertiram ao som de Down, do rapper Jay Sean, usando luvas cirúrgicas cor de rosa, numa celebração à luta contra o câncer de mama.



Fonte

O Rolo

O projeto intitulado “O Rolo” combinou reciclagem com customização. A MCD cedeu sobras de tecido de coleções passadas para artistas pintarem em cima. Com a “obra” pronta, o material foi usado na construção de peças totalmente exclusivas e cada uma delas trará uma estampa única.

O resultado final de toda essa salada criativa você confere agora. Clique aqui e conheça as estampas e formatos que sairam da cabeça dos artistas.

O Rolo V from More Core Division on Vimeo.


Fonte

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails